• Reclamação ao órgão regulador do consumidor;
  • Reclamação aos operadores económicos